(Marcelo Camargo/Agência Brasil)
Política

Paulo Guedes: as circunstâncias que permitem ao ministro errar nas falas

leandro@vortex.media

O presidente Jair Bolsonaro pode ter se incomodado, mas não deve maltratar o ministro da Economia, Paulo Guedes, pela infeliz frase que misturou sobre empregadas domésticas, dólar e viagens ao exterior. Guedes é um elemento fundamental de sustentação do governo e não representa uma ameaça eleitoral ao presidente.

Por que isso importa?

Pela segunda vez em uma semana, o ministro da Economia, Paulo Guedes, proferiu uma frase desastrosa, que atrapalha a gestão de sua área e o governo.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.

Plano Anual com 30% de desconto.

Plano Mensal.

Plano Gratuito válido por 30 dias.

Já é assinante?

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex