(Fábio Pozzebom)
Política

Joice causa prejuízo a Bolsonaro, ao Aliança e aparece como oposição à direita

leandro@vortex.media

O depoimento da deputada Joice Hasselmann (PSL-SP) à CPMI das Fake News, nesta quarta-feira (04/12), causa prejuízos políticos palpáveis ao presidente Jair Bolsonaro e seus aliados e pode causar dificuldades para a formação do Aliança para o Brasil, futuro partido do presidente e de seus filhos.

Por que isso importa?

O caso pode trazer dificuldades para o governo e afastar potenciais interessados em entrar para o Aliança para o Brasil, novo partido de Bolsonaro.

Joice expôs quem são os participantes das “milícias virtuais” que, segundo ela, atuam em favor de Bolsonaro e seus filhos para achincalhar adversários políticos. Mostrou metodologia, nomes, locais de trabalho e salários de alguns assessores encarregados de ataques virtuais. Uma parte deles trabalha no Palácio do Planalto. Disse que o deputado Eduardo Bolsonaro é um dos líderes desses ataques virtuais.

  • A rede de aliados de Bolsonaro que se unem para atacar adversários nos meios digitais é conhecida, mas ainda não havia sido exposta tão detalhadamente em meios políticos – ainda mais por alguém que teve proximidade política com os Bolsonaro
  • Ao jogar na CPMI os nomes de assessores que atuam no Palácio do Planalto e em gabinetes da Câmara e da Assembleia Legislativa do Rio, Joice dá munição aos adversários do presidente – que, hoje, não estão apenas na oposição ou no Centrão, mas também no PSL.
  • Esses adversários podem pedir a convocação desses assessores para depor na CPMI. O prejuízo é assegurado: o governo pode ter negociar e fazer concessões (cargos, verbas, etc) para evitar as convocações ou deixar que os assessores sejam expostos aos parlamentares
  • O governo já teve de esforçar-se bastante para segurar, até agora, a votação de um requerimento de convocação do vereador Carlos Bolsonaro, o filho do presidente que controla suas redes sociais
  • A exposição dessa rede de ataques virtuais e de seu modo de atuação pode atrapalhar a adesão de políticos ao Aliança para o Brasil, futuro partido de Bolsonaro. Afinal, quem vai querer o risco de ser vítima dessa turma no futuro, em caso de discordância com Bolsonaro ou seus filhos? Quem vai querer ser a Joice do futuro?
  • A iniciativa de falar na CPMI garante a Joice uma exposição valiosa no momento em que trabalha para ser candidata a prefeita de São Paulo em 2020
  • Enfrentar os Bolsonaro tão abertamente também aumenta seu cacife para tomar uma posição de destaque como potencial candidata de direita para enfrentá-los nas urnas. Até agora este lugar estava vago; os críticos de Bolsonaro são vários, mas estão em partidos de esquerda. Joice pode se firmar como alternativa de voto para o eleitor que está decepcionado com Bolsonaro – ou nunca gostou dele – mas também torce o nariz para o PT.  

Joice Hasselmann foi uma defensora ferrenha de Bolsonaro até outubro, quando foi destituída pelo presidente do cargo de líder do governo no Congresso. O rompimento se deu porque a deputada ficou ao lado do presidente do PSL, Luciano Bivar, no confronto que levou à saída de Bolsonaro do partido. Joice foi, então, alvo de uma forte onda de ataques virtuais e notícias falsas, o que levou ao seu depoimento na CPMI.

Sem os ataques, Joice poderia ser uma aliada de Bolsonaro a permanecer no PSL – esse seria o caminho normal da política. Contudo, a truculência das agressões a jogaram para uma posição parecida com a do deputado Alexandre Frota, outro aliado que rompeu com Bolsonaro este ano, migrou para o PSDB e ataca o governo, o presidente e seus filhos sempre que respira. Como ex-aliados, ambos ainda podem causar prejuízos ao presidente e ao seu entorno.

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex