(Jefferson Rudy/Agência Senado)
Política

Em simulado para jovens no Senado, eleição tem voto a menos e confusão

(atualizado: 04/12/2019, 10:18) larissa@vortex.media

Na semana passada, especificamente na terça-feira (26/11), 27 estudantes participantes do projeto educacional Jovem Senador “tomaram posse” no Senado, em Brasília. Como acontece desde 2008, eles deveriam vivenciar a rotina dos senadores por alguns dias. E assim foi.

Na eleição para escolher entre eles o presidente do Senado e os integrantes da Mesa Diretora, os jovens repetiram a realidade. Houve confusão na contagem de votos nas urnas, contestação do resultado, alguma barulheira na galeria e recontagem de votos - exatamente como na eleição oficial em fevereiro, quando foi escolhido o atual presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP). Na ocasião, foram contabilizados 82 votos para uma Casa com 81 senadores. Nunca uma legislatura do programa simulou tão bem a realidade.   

Conteúdo exclusivo para assinantes

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.

Plano Anual com 30% de desconto.

Plano Mensal.

Plano Gratuito válido por 30 dias.

Já é assinante?

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex