Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil ()
Política

Lula livre: a melhor notícia do ano para Bolsonaro

leandro@vortex.media

A decisão do Supremo Tribunal Federal de derrubar a prisão em segunda instância, e a consequente libertação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, favorecem o presidente Jair Bolsonaro. Do ponto de vista político, é a melhor coisa que poderia acontecer ao presidente.

Por que isso importa?

A liberdade do ex-presidente Lula muda o cenário político e pode reviver o conflito que elegeu o presidente Jair Bolsonaro.

  • A liberdade de Lula dá a Bolsonaro o que ele mais gosta: um inimigo para combater. O presidente é um político de conflitos; quando não os tem, procura-os. É da sua natureza e algo que seus seguidores fiéis gostam. Bolsonaro poderá reeditar o discurso contra Lula, o PT e a corrupção e reviver o antagonismo que divide o país e moveu sua eleição.
  • Poder voltar a exercer este papel é um ativo e tanto para um presidente que tem os mais baixos índices de popularidade. Desde que se elegeu e perdeu a chance de exercer o papel de opositor do petismo, Bolsonaro só perdeu popularidade.
  • Lula livre também tem o condão de unir bolsonaristas e seus inimigos dentro do PSL. Em condições normais, as duas alas evitam ficar na mesma sala. Com Lula na rua, no entanto, dão-se as mãos numa corrente contra ele.
  • A decisão abre espaço para os ataques antidemocráticos dos filhos do presidente, o deputado Eduardo Bolsonaro e o vereador Carlos Bolsonaro, ao Supremo Tribunal Federal. Ambos já fizeram isso e terão a chance de reeditar a prática. Parte significativa dos seus seguidores em redes sociais apoia este tipo de ato danoso à democracia. Após a fala sobre o AI-5, mais arroubos autoritários poderão vir. São atos condenáveis, mas aprovados pelos seguidores mais radicais dos Bolsonaro, seu público mais fiel, e ao qual a família recorre em momentos difíceis.

O pacote econômico entregue ao Congresso na terça-feira, a reforma da Previdência e os juros baixos agradam ao mercado e aos investidores. Para Bolsonaro isso é bom, mas é coisa para o ministro da Economia, Paulo Guedes. Para Bolsonaro, aquele que se elegeu no ano passado, bom mesmo é ter Lula na rua para brigar.

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex