Política

A investigação da rachadinha e a paranoia de Bolsonaro

Diego Escosteguy - há 2 meses

Dois ex-auxiliares diretos de Jair Bolsonaro dizem que o presidente estava convencido de que a investigação do MP do Rio sobre a rachadinha nos gabinetes de seus familiares é uma perseguição a ele - um ato político destinado a derrubá-lo, e não um inquérito técnico.

O presidente nunca ofereceu a seus auxiliares uma explicação razoável para essa suspeita. Ao menos um deles classifica essa visão como "paranoica".

Em entrevista coletiva há pouco, Bolsonaro confirmou que pediu a Moro para protegê-lo do que qualificou de "chantagens" dessa investigação.

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex