Foto: Arquivo EBC ()
Justiça

Com ajuda de Palocci, MPF denuncia gestores por rombo em fundos de pensão

(atualizado: 09/01/2020, 18:57) marcelo@vortex.media

A Procuradoria da República no Distrito Federal denunciou à Justiça Federal nesta quinta-feira (09/01) ex-dirigentes de alguns dos principais fundos de pensão ligados a estatais. De acordo com os procuradores da força-tarefa da Operação Greenfield, 29 ex-gestores dos fundos Petros, Funcef, Previ e Valia foram responsáveis por prejuízos estimados em R$ 5,5 bilhões.

Por que isso importa?

Os fundos de pensão de empresas estatais investem recursos dos salários de funcionários públicos para, no futuro, bancar suas aposentadorias. A corrupção praticada nesse fundos nos últimos anos, exposta pelas investigações, pode afetar o pagamento dos benefícios dos servidores no futuro.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.

Plano Anual com 30% de desconto.

Plano Mensal.

Plano Gratuito válido por 30 dias.

Já é assinante?

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex