(Foto: arquivo Agência Brasil)
Justiça

STJ: cubanos não têm os mesmos direitos que estrangeiros em novas vagas do Mais Médicos

(atualizado: 05/12/2019, 18:13) guilherme@vortex.media

Médicos cubanos do Mais Médicos que buscam ficar no Brasil com novos contratos de trabalho não devem ter o mesmo tratamento de profissionais de outras nacionalidades que ingressaram no Brasil pelo programa.

A decisão foi tomada pela Segunda Turma do Superior Tribunal de Justiça nesta quinta-feira (05/12) e pode impactar cerca de 100 outros casos em discussão na Justiça.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.

Plano Anual com 30% de desconto.

Plano Mensal.

Plano Gratuito válido por 30 dias.

Já é assinante?

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex