( Foto: Carlos Moura/SCO/STF)
Justiça

A evolução de Toffoli sobre a prisão após condenação em segunda instância

(atualizado: 05/11/2019, 11:07) renan@vortex.media

Apontado como voto decisivo para o desfecho do julgamento que vai decidir em que fase a Justiça vai decretar a prisão de condenados, o presidente do Supremo Tribunal Federal, Dias Toffoli, já votou no plenário da Corte a favor de duas teses: pela prisão após condenação em segunda instância e para prisão ocorrer após julgamento pelo Superior Tribunal de Justiça.

Se confirmada a expectativa de que o ministro pode formar maioria para que a prisão só aconteça quando encerrados recursos contra as condenações, Toffoli terá transitado pelas três correntes em pouco mais de três anos. O Supremo retoma na quinta-feira (7/11) o julgamento das Ações Declaratórias de Constitucionalidade 43, 44 e 54.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.

Plano Anual com 30% de desconto.

Plano Mensal.

Plano Gratuito válido por 30 dias.

Já é assinante?

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex