(Rodolfo Almeida/Vortex)
Dados

Em 2 anos, partidos gastam ao menos R$ 10 milhões com empresas de seus próprios dirigentes

(atualizado: 22/11/2019, 18:19) renata@vortex.media sergio@vortex.media

Partidos políticos gastaram ao menos R$ 10 milhões com empresas cujos sócios são ou foram seus dirigentes. As contas incluem gastos de 2017 e 2018. Embora as legendas sejam financiadas majoritariamente com dinheiro público, esse tipo de despesa não é ilegal.

Cruzamento do Vortex com dados de prestação de contas partidárias, dirigentes e CNPJs mostra que ao menos 100 empresas, em 25 partidos, se enquadram nessa situação: seus sócios são ou foram parte da cúpula dos partidos que as contratam ou as contrataram.

Conteúdo exclusivo para assinantes

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.

Plano Anual com 30% de desconto.

Plano Mensal.

Plano Gratuito válido por 30 dias.

Já é assinante?

Newsletter

Reportagens exclusivas e as notícias mais quentes na sua caixa de e-mail.

Valorizamos sua privacidade. Nunca enviaremos spam ou compartilharemos suas informações com terceiros.

Assine

O novo modo de fazer jornalismo de que o novo Brasil precisa.

Apoie o nosso jornalismo para que possamos ajudar a elevar a democracia.
Assine Vortex